09 dicas para continuar vendendo durante a pandemia de COVID-19

[sharify]

Há restrições de circulação e limitação de funcionamento para algumas classes de negócios, mas a possibilidade de continuar vendendo produtos e serviços ainda existe.

A pandemia do Coronavírus foi declarada pela Organização Mundial da Saúde e provocou sérios impactos econômicos ao redor do globo. Micro e pequenos negócios, sobretudo, foram os mais afetados e lutam para sobreviver nessa selva ainda mais feroz que o mercado e a conjuntura se tornaram, mas é na dificuldade que aparecem boas oportunidades, certo?  Pois então, é justo nessas horas que as grandes ideias vêm para manter as vendas de produtos e serviços, e a Multiplus Card te mostra algumas saídas de mestre para lidar com esse momento tão estranho e complicado, mas de um jeito eficaz, sem desespero.

Neste post você vai conferir 09 dicas para vender produtos e serviços durante a crise da COVID-19 e aprender a gerir o seu negócio de uma maneira inusitada e arrojada. Vamos aprender?

1 – Formas alternativas de venda devem ser planejadas com sua equipe

Uma conversa franca e pontual com os seus funcionários, agora, é o melhor a se fazer para alinhar uma estratégia que sirva como opção para escoar a produção do seu negócio. É necessário atualizá-los constantemente sobre novas medidas, pois é muito instável o cenário em que estamos vivendo, e novas recomendações são repassadas diuturnamente pelos órgãos competentes.

Pode ser que o funcionamento do seu negócio precise se adaptar a novos horários, a novas normas de segurança e nova estratégia de atendimento. Sua equipe precisa adotar novas formas de trabalhar, mas só poderão fazê-lo caso tenham informações claras e consistentes de você, dono do negócio.

Alie-se ao seu próprio time e abra o debate para que todos estejam a par de tudo. É hora de se inspirar e vestir a camisa da empresa.

2 – Comunique seus clientes

Envie mensagem aos seus clientes, comunicando a sua nova estratégia, como irá atendê-los durante este período. Tranquilize-os. É necessário inspirar confiança ou então o barco afunda com o seu negócio dentro. Todos estão incertos e confusos, pois muita coisa mudou, literalmente, da noite para o dia. Estávamos em alerta e, do nada, estamos em quarentena, em um piscar de olhos. Mas não podemos esmorecer. Mostre-se forte, como um porto seguro, e atraia atenção de um jeito positivo. Quando a tempestade passar, as pessoas se lembrarão de quem as apoiou durante a tormenta.

3 – Aproxime-se de seus clientes

É hora de rever o seu modelo de negócios, a sua forma de entregar produtos e serviços.

Ninguém gosta de mudanças tão abruptas, mas talvez seja o momento de considerar o reprojeto de sua empresa, para conversar de forma mais íntima com quem o mantém, seu bem maior: o cliente.

Multinacionais estão mudando a forma de comunicar, de vender, precisamos fazer o mesmo e seguir o caminho para o estreitamento de laços.

Links de Pagamento, vendas por whatsapp e redes sociais, e-mail marketing, promoções personalizadas. Converse com o cliente, pergunte, crie para ele um ambiente favorável. Há necessidade de todo o lado, o Corona distraiu todos e desaqueceu o mercado, mas é possível unir o útil ao agradável e resolver o problema.

4 – Entregue em domicílio

Você poderá utilizar serviços de motoboy para entrega dos seus produtos ou até mesmo mobilizar a sua equipe local para fazê-la – cada loja tem seu raio (área) de atuação. Verifique se é possível que a sua equipe faça a entrega do produto na casa do cliente. Montar um esquema eficiente é tarefa logística sua, crie meios para que isso se torne possível.

5 – Divulgue no digital. As redes sociais são ótimas ferramentas para o momento

Todos estão na corrida da comunicação. Ofertas pipocando a torto, todo mundo querendo vender, todo mundo querendo aparecer. Qual é a melhor e mais barata forma de divulgar nesse momento de pandemia, principalmente porque as pessoas evitam sair de casa? Isso mesmo, as redes sociais.

Um momento que ninguém gostaria de estar passando, mas não é possível escolher, é hora de reagir com uma estratégia de venda sólida, e com uma boa equipe de Marketing Digital é possível mudar o panorama e amplificar a voz da sua empresa. Apareça do jeito certo, invista em bons resultados.

6 – Garanta a segurança e conquiste a confiança dos clientes

Divulgue os cuidados que você está tendo em seu negócio. Providencie o uso de detergentes especiais na limpeza, várias vezes ao dia, e mostre os funcionários atendendo com máscaras e equipamento apropriado. Disponibilize a possibilidade de horário marcado para atendimento exclusivo, evitando aglomeração e alto tempo de permanência em ambiente com trânsito de pessoas. É necessário redobrar os esforços para o bom desempenho na crise, seja ele um pequeno varejo de rua até um ambiente com estrutura de ponta.

Se você tem um serviço, faça a entrega do serviço, um a um, tomando o máximo cuidado com as recomendações de higiene e prevenção.

Bares e restaurantes, assim como casas de evento, foram embargados por conta da alta circulação de pessoas nos espaços comuns destes estabelecimentos, mas delivery, drive-thru e remarcação de datas de eventos são ótimas alternativas se desenhadas com a intenção correta. Repense sua forma de trabalhar, sempre.

7 – Flexibilize a atuação dos colaboradores

Se você é empresário da área de alimentos e tem um restaurante, por exemplo, verifique a possibilidade da sua equipe ser realocada para outras áreas da empresa, para dar seguimento ao funcionamento. A exemplo do garçom, converse com ele sobre o suporte com entregas em domicílio, pois com os salões fechados é uma maneira de seguir o trabalho e todos contribuírem para que o estabelecimento continue funcionando.

O momento é de se adaptar, com uma conversa franca tudo pode ser resolvido.

8 – Inove a partir das novas necessidades e hábitos de consumo

Além de rever seu portfólio de produtos e serviços, as novas necessidades dos clientes criam oportunidades de inovação para a sua empresa. Não se retraia, não fique na defensiva. É o momento de contra-atacar! Aproveite este momento para ser arrojado, tome a dianteira do mercado e posicione sua marca sob os holofotes. Fique sempre atento às necessidades do seu cliente.

Algumas mudanças de comportamento e consumo provavelmente persistirão além da crise e muitos setores ressurgirão para novas realidades de mercado. É cedo para dizer quais novos hábitos surgirão e quais hábitos já existentes permanecerão mais ativos a longo prazo, mas teremos aumento de consumo online de produtos e serviços alimentares, de vestuário, beleza e saúde, home office entre outros, sem dúvida.

Sabemos que existem diferentes velocidades de recuperação para cada país e setor econômico, isto exigirá uma estratégia local distinta e focada no perfil do seu público, mas você pode desvendar ou ao menos tentar enquanto a tempestade cai, para que não fique pesada a adaptação abrupta novamente, mas desta vez quando a maré baixar.

9 – Olhos no futuro: quando a crise passar, esteja pronto

As previsões sobre os impactos da pandemia nos negócios dizem que deve ser um período de recessão que girará em torno de 4 meses. Use este tempo de pausa/adaptação temporária para rever seu negócio e planejar o futuro dele, em vez de reduzir o número de funcionários, incentive-os a usar o tempo para atualizar informações sobre os clientes, perfil de compra, preferências, sistemas internos, aprimorar habilidades e criar novos produtos e serviços para estarem preparados para a eventual recuperação, pois o planejamento de recuperação precisa começar enquanto você ainda está reagindo à crise.

Considere este período como uma época “fechada para balanço”. Aproveite para corrigir deslizes administrativos, revisar o atendimento e quem sabe, até uma futura expansão, pois quando as pessoas começarem a circular, o capital começará a circular também, e você precisa estar preparado para receber a demanda, que talvez até aumente quando tudo se estabilizar.

 

Ficou com alguma dúvida sobre links de pagamento ou sobre nossa solução?

Fale com um Consultor de Link de Pagamento

Preencha com seus dados que um Consultor entrará em contato.
Se preferir, ligue gratuitamente para 0800 777 8134.

25.05.2020

Postado em Vendas

Nenhum Comentário